Terça-feira
22 de Maio de 2018 - 
Contato (61) 98607-0449 (WhatsApp) / (61) 98120-3941

Notícias do Advogado

O advogado, Dr. Adriano Martins de Sousa participou da ação social em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha

A Seccional promoveu, nesta quinta-feira (25-08-2016), por meio da Comissão de Combate a Violência Familiar e com a Comissão de Ciências Criminais, ação social em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha. O evento ocorreu na rodoviária do Plano Piloto e contou com mais de 150 atendimentos jurídicos.
IMG_1932 (2)Segundo a presidente da comissão de Violência Doméstica, Evelyn Oliveira, a ação teve como objetivo passar para a população que passava pela rodoviária um momento de reflexão sobre esses 10 anos de lei Maria da penha. ”Queríamos mostrar para as pessoas os avanços que a gente já teve, além de dialogar com a comunidade a necessidade do combate aos maus tratos domésticos. Também precisamos mostrar que a violência doméstica não se resume a agressão física, algumas vítimas sofrem violência psicológica, patrimonial e moral”..
Pedro Young, coordenador adjunto do Advogado Criminalista Iniciante da Comissão de Ciências Criminais, afirmou que a ação social é importante, pois concretiza o mister social que se espera da OAB. Alem disso, é uma boa oportunidade de ajudar ao próximo na concretização da cidadania e na conscientização dos seus direitos. “O evento tem por finalidade comemorar a conquista que foi a Lei Maria da penha, mas durante os atendimentos prestados pelos membros da comissão percebemos o quanto ainda precisamos avançar”, disse Young.
Eventos como este ajudam a resgatar a paz na vida de diversas pessoas, conta Alexandra Moreschi, organizadora da ação e membro da Comissão de Combate a Violência Doméstica e Familiar e da Comissão da Mulher Advogada. Alexandra diz ainda que as expectativas da ação foram superadas. ”Isso é muito raro porque a mulher em situação de violência tem muita vergonha de se expor. A função nossa como OAB, como tribunal é essa, mostrar para as pessoas como é a lei, onde elas podem recorrer, quem pode protegê-las. Os objetivos da nossa ação com certeza foram cumpridos”, disse Alessandra.
Para Lucia Bessa, subsecretária de políticas para mulheres do DF, a violência contra a mulher é um problema que deve ser enfrentado com o esforço conjunto do governo, das instituições e da população. “A violência contra a mulher é um grave problema social, é uma violação de direitos humanos e liberdades fundamentais, portanto deve-se unir forças para acabar com este mal”.
A conscientização foi feita através de conversas entre as pessoas que passavam pelo local e os organizadores. Além disso, cartilhas sobre como utilizar os instrumentos governamentais e sobre a lei Maria da Penha foram distribuídas à população. Ademais a assistência jurídica, as pessoas que passavam pela Rodoviária também tiveram acesso a atendimento psicológico, aferição de pressão arterial e glicose.
O caminhão da beleza ofereceu corte de cabelo, maquiagem e escova para as mulheres. O ônibus da Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM), que funciona como delegacia móvel, também colaborou para atender melhor a população.
 
Fonte: OABDF

Controle de Processos

Insira usuário e senha para acessar o seu processo

Notícias Jurídicas

Newsletter

Cadastre-se e receba notícias sobre o Advogado

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
26ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Brasília, DF

Máx
25ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . .
Dow Jone ... % . . . . .

Contate-nos

SEPN 516 Bloco B lote  07  OABDF
-  Asa Norte
 -  Brasília / DF
-  CEP: 70770-522
+55 (61) 981203941+55 (61) 986070449
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
VISITAS NO SITE:  107945
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.